Prefeito do Rio de Janeiro anuncia projeto do Parque do Porto para revitalização da região portuária da capital fluminense.

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, surpreendeu os cariocas neste domingo ao divulgar em suas redes sociais um projeto inovador para a região portuária da cidade. O vídeo de apresentação do projeto Parque do Porto revela uma proposta ambiciosa que promete transformar a região em um novo local de lazer e convivência para os moradores e turistas.

De acordo com Paes, o Parque do Porto contemplará uma nova orla, composta por praças flutuantes e temáticas, além de espaços destinados a atividades culturais, esportivas, áreas de convivência e ciclovias. O projeto também inclui a construção de um novo píer para navios de turismo, ampliando as opções de atividades na região portuária.

Apesar de empolgar a população com a proposta do Parque do Porto, o prefeito não divulgou detalhes sobre os investimentos necessários para a execução do projeto, nem a origem dos recursos ou a previsão de início das obras. Como o terreno pertence à União, a viabilidade do projeto dependerá de um acordo com o governo federal.

A iniciativa de revitalização da região portuária teve início em 2009, com o Projeto Porto Maravilha, que prevê intervenções em conjunto com a iniciativa privada e usuários locais visando transformações estruturais, melhorias sociais e valorização ambiental. Desde então, a região passou por diversas obras de grande envergadura, como a demolição do elevado da Perimetral e a reforma da Praça Mauá, que agora abriga importantes museus.

A descoberta de vestígios do Cais do Valongo durante as escavações para as obras foi um marco importante, levando à sua revitalização e reconhecimento como patrimônio cultural mundial pela Unesco em 2017. Para o prefeito Paes, recuperar a área portuária é resgatar a história da cidade e proporcionar aos moradores e visitantes um espaço de convivência único.

Além do Parque do Porto, o prefeito mencionou a possibilidade de um estádio do Flamengo na região portuária, um projeto que ainda está em discussão com a Caixa Econômica Federal, detentora do terreno do Gasômetro. Enquanto isso, Paes inaugurou um novo terminal da Nova Transoeste em Guaratiba, na zona oeste da cidade, ampliando as opções de transporte público na região.

Com a promessa de um novo espaço para lazer, cultura e convivência, o Parque do Porto surge como uma oportunidade de transformação da região portuária do Rio de Janeiro, tornando-a ainda mais atraente para moradores e turistas. O desafio agora é viabilizar o projeto e tornar essa visão em realidade para a cidade.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo